fbpx
Escolha uma Página
Compartilhe

Assinatura livraria dirigentes e empresas associadas à Seguradora Líder de crimes cometidos

Tendo em vista a negativa do governo Zema de não autorizar a assinatura do TAC (Termo de Ajuste de Conduta) com a Seguradora Líder, criminosos vem tentando por todos os meios fazer com que o Governo assine o referido TAC, pois livraria dirigentes e empresas associadas à Seguradora Líder de crimes cometidos.

Segundo informações, está em andamento uma ação com políticos na tentativa de criar uma situação similar ao que aconteceu com a CPI do DPVAT.

Na semana passada, dirigente e preposto da Seguradora Líder participaram de reunião coquetel com a bancada do PSL ligada ao presidente Luciano Bivar, que também preside a Excelsior Seguros, de cujo grupo faz parte a SaudeSeg Sistemas de Saúde, que realiza perícias médicas para a Seguradora Líder.

Assista abaixo o discurso do deputado Marcelo Freitas na Câmara dos Deputados sobre o TAC: