DPVAT dá sinais de que pretende trilhar novos rumos

20/06/2017

DPVAT dá sinais de que pretende trilhar novos rumos Alçada em março ao comando do conselho que define os rumos do DPVAT, a nova gestão começa a definir mais claramente os contornos do ideário que proclamou logo após à posse, como relatado pelo @GenteDPVAT na entrevista exclusiva concedida em maio pelo comandante máximo do consórcio e da Seguradora Líder, Roberto Barroso. “Nosso comprometimento não é apenas com o pagamento de indenizações, mas também [entre outras premissas] com as pessoas acidentadas”, disse ao listar suas prioridades. Para ele, o DPVAT precisa mostrar utilidade, para além da indenização monetária.

Nessa linha, Roberto Barroso reuniu-se na terça-feira 6 de junho com o presidente da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CPD), deputado federal Cabo Sabino (PR-CE). Em pauta: o que o DPVAT pode fazer pelas vítimas de acidentes de trânsito que sofrem sérias sequelas. A ideia é construir um programa de apoio à invalidez permanente, segundo relato dos participantes do encontro, que contou com a participação do presidente da Gente Seguradora, Sergio Suslik Wais, e do assessor legislativo do deputado Cabo Sabino, Marcos Spindola.

Nova reunião está marcada para o próximo dia 28, com todos os membros da CPD, para aprofundar a temática, além de fazer parte de uma agenda construtiva, já chamada de “Agenda do Bem”, que está sendo tocada pela nova gestão do consórcio DPVAT, diametralmente diferenciada da anterior, marcada por denúncias de práticas irregulares e afoita ao conflito.

Na época defendeu a realização de uma discussão ampla para identificar medidas que possam ajudar as vítimas do trânsito. Com isso, a pretensão é imprimir uma visão de DPVAT mais abrangente, agregando utilidade e mais valor social a um seguro que já tem claro apelo social.

“É preciso debater ideias que contribuam para valorizar o sistema DPVAT”, já afirmara Roberto Barroso em maio na entrevista ao informativo @GenteDPVAT.


 

Compartilhe este artigo

Clique em um botão para compartilhar na sua linha do tempo:





  google+   linkedin


  whatsapp

© Depende de Nós, vamos exigir o cumprimento da constituição.

GI